terça-feira, 21 de abril de 2015

Está chegando mais um edição da Revista Comunica e com ela tem mais um Segredos da Carne. Aguarde!


quarta-feira, 15 de abril de 2015

Edição 45 | Versão digital. Click no link e acesse.


http://www.youblisher.com/p/1117307-Revista-Comunica-edicao-45/

terça-feira, 14 de abril de 2015

Segredos da Carne, na edição 45.

A Coluna Segredos da Carne está sensacional nesta edição. Elton Noronha, nosso mestre cuca, preparou um Coxão Duro com manteiga verde na churrasqueira. Essa e as receitas anteriores você pode conferir na fan page Segredos da Carne - www.facebook.com/pages/Segredos-da-Carne.













quarta-feira, 23 de julho de 2014

Distribuição da edição 37

Nossa equipe de distribuição está a todo vapor entregando a edição 37. Se você ainda não recebeu a sua entre em contato conosco. Obrigado pela receptividade de sempre.














4ª Edição do Concurso Cultural | Meu bebê é lindo


O Concurso mais esperado do ano está chegando!!!
A partir de 01 de Agosto começam as inscrições e fotos dos bebes mais lindos de Lins e região. Esse ano com muitas novidades... Poderão participar do concurso bebes nascidos em outras cidades, Teremos como uma das premiações a propaganda do concurso, com os três bebes ganhadores, na UMA TV. A revista Comunica também premiará o primeiro colocado com a capa da sua edição de Outubro e na final do concurso, dia 11 de Setembro no Bufe Rindo a Toa, Teremos um mini desfile de moda com todos os participantes vestindo as roupinhas mais lindas da nossa patrocinadora Dipp Lili. Além de ganharem muitos prêmios os três bebes selecionados pelos nossos jurados ainda vão levar para casa um certificado. Muito legal, não é??? Então não perca tempo, ligue para o GRECOSTUDIO e agende um horário para levar seu bebe para fazer a foto do concurso. A inscrição pode ser feita lá também. O valor da inscrição é R$50,00 e dá direito a um cd com as fotos do bebe e mais um convite para o dia da final do concurso. Ligue para 14 3025 2793 e agende um horário!!!!! Seu bebe pode ser um dos premiados!!!!
Boa sorte.

Festa Junina da ETL


A tecnologia pode fazer mal à sua saúde?

É evidente que a tecnologia se torna cada vez mais presente em nossas vidas, na sociedade em que estamos inseridos, e isso proporciona a todos cada vez mais facilidades, comodidades.
Assim, podemocorrer efeitos colaterais em nossas vidas, para a nossa saúde, diante dessa gama de benefícios presentes no nosso cotidiano?
Em um simples passeio pelas ruas da cidade, pode-se por exemplo, observar jovens com seus fones de ouvidos. Este é um potencial causador de problemas auditivos devido ao abuso do volume. Os sintomasde perda de audição se caracterizam, por exemplo, pela dificuldade para perceber sons rotineiros.
Para aqueles que passam muito tempo sentados, por exemplo os profissionais de TI, com o tempo surge dor nas costas devido a postura incorreta, problemas na visão, ou ainda a ocorrência de problemas nas mãos, devido a intensa rotina de manipulação dos teclados.
Para esses problemas, há meios preventivos, como o bom senso ao se utilizar tocadores de músicas. Para profissionais da área de tecnologia, é importante a correta postura ao sentar-se, bem como lançar mão de exercícios de alongamento, afim de se evitar problemas.
Em algumas empresa, adota-se práticas de ginástica laboral realizadas com toda a equipe, o que proporciona bem estar físico e psicológico, além da interação entre toda a equipe em um momento de relaxamento, mesmo sendo relativamente curto.

Portanto, é claro que se não houver um limite para o uso da tecnologia, podeexistir prejuízo para a saúde do indivíduo. Portanto, o bom senso, aliado a algumas boas práticas, pode evitar ou ainda minimizar esses problemas.

Por Fábio Antonelli

terça-feira, 22 de julho de 2014

O poder das palavras

Arrepender-se do que se fala é, normalmente, uma das formas mais dolorosas de aprender que deveríamos ter ficado calado em algum momento. Por isso, resolvemos apresentar nossa humilde opinião sobre a importância do uso da PALAVRA nas nossas manifestações pessoais, nas diversas situações de inter-relacionamento a que estamos sujeitos, em nosso cotidiano.
O assunto é tão importante e delicado que, para fechar o raciocínio (prolixo como somos), foram-nos necessárias quatro laudas. Por isso, vamos apresentar o resultado destas nossas considerações, em alguns números desta revista, haja visto o limite de espaço para cada publicação.
A palavra tem poder! A palavra tem MUITO poder! Por isso, devemos ter muito cuidado com o que falamos para as pessoas, porque podemos machucá-las, pisar sobre elas, tripudiá-las, apenas com o uso de palavras inadequadas, ríspidas ou inconsequentes.
A arte de falar bem, da boa oratória, pode ser utilizada tanto para construir um amanhã mais feliz, quanto para destruir o que existe hoje.
Foi por causa do domínio do uso da palavra, que Adolf Hitler conseguiu transmitir uma mensagem capaz de obliterar o pensamento racional e dominar o inconsciente coletivo de toda uma Alemanha, levando-a a uma guerra sem precedentes e das mais atrozes já registradas na História da humanidade.
É por causa do poder da palavra, que neste exato momento, em alguns lugares do planeta, muitos ditadores estão levando suas nações às guerras e provocando a morte de seus irmãos, em hediondos massacres.
É por causa do poder da oratória, e principalmente pela manipulação das palavras contidas em seus "livros sagrados", que líderes religiosos radicais conseguem promover carnificinas em todos os cantos do planeta, e levar centenas de homens, mulheres e crianças a se explodirem, matando outras centenas, em nome da fé que professam e alegando ser esta a vontade do Deus em que creem.
Todas as religiões têm como princípio basilar o uso da palavra: tanto para a conversão dos infiéis, quanto para a manutenção de seu quadro de fiéis, como para a propagação e defesa de sua fé. Neste sentido, as religiões podem inebriar e entorpecer as mentes, alienando-as da realidade, mas podem, por outro lado, apaziguar corações sofridos e desesperançosos ... só depende do uso que se dê às palavras.
Tanto assim o é, que por conta deste mesmo poder da palavra, líderes espirituais da estirpe de Dalai Lama conseguem propagar a paz; conseguem levar muitos de seus ouvintes a encontrar sua própria paz interior e pacificar suas relações com aqueles que lhe são opositores.
Por corromper o poder da PALAVRA é que a credibilidade de muitas Igrejas tem caído vertiginosamente (principalmente nos últimos cem anos), pelo simples fato de que a maioria esmagadora de seus padres ou pastores vivem e respiram em uma opulência patrimonial, muito diferentes e distantes da vida de fé, humilde e sincera que, usando e abusando da PALAVRA, pregam e exigem do povo simples, sofrido e crédulo, que busca o conforto espiritual em seus templos.
Em situação diametralmente oposta, onde suas palavras de amor foram acompanhadas por seus exemplos de vida, pessoas relativamente simples, como Chico Xavier, Madre Teresa de Calcutá, Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Nelson Mandela, dentre outros, sobreviverão ao futuro, e suas mensagens de amor e paz não serão esquecidas pela humanidade.
Por conta do poder da palavra, é que um jovem carpinteiro galileu, chamado Jesus, é reverenciado, amado e idolatrado há mais de dois mil anos.
No próximo número, concluiremos o raciocínio sobre o poder da palavra.
Fiquem em paz!

Por Cledson Cardoso


Nosso destaque da edição 36, eternos namorados


Conservar e manter a beleza dos seios

Ao contrario do que se imagina, a amamentação não é a maior responsável pelo envelhecimento dos seios, mas sim a falta de cuidados básicos, como: hidratação e prática de exercícios.
De pele fina e delicada, os seios sofrem precocemente a ação do tempo e a pele dessa região é muito exigida, tanto devido a ganhos e perdas de peso súbitos como durante a gestação.  Segundo alguns especialistas, um dos fatores que contribuem para a flacidez é que as mamas não tem músculo, pois são formadas por glândulas e tecido adiposo.
A hidratação diária é um cuidado primordial, com cremes ou óleos que contenham ativos, como ureia, vitamina E, acido glicólico e acido retinoico. Estes componentes ajudam na prevenção de estrias e protegem contra os danos do fotoenvelhecimento. Em peles mais ressecadas, o ideal é optar pelos óleos, que protegem contra a perda de água, alguns exemplos são os óleo de amêndoas e semente de uva.
Além da hidratação diária, outros cuidados que precisamos adotar para termos seios bonitos são: manter o peso, usar um bom sutiã e adotar uma rotina de exercícios físicos, com ênfase em membros superiores, como remo, pilates ou musculação.


FICA A DICA: O hidratante deve ser aplicado em movimentos circulares, fazendo uma massagem. Antes de aplicar qualquer produto, na fase de gravidez e amamentação é importante verificar, com o médico, se ele traz riscos para o bebê.Bons hábitos contribuem para ter seios bonitos.

Por Giseli Finotti Bertin 

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Entenda por que você não consegue se concentrar nos estudos

Você tenta, mas não consegue se concentrar nos estudos? Veja os possíveis motivos e soluções para esse problema

Você tem a sensação de que, por mais que tente, não consegue se concentrar naquilo que está estudando? Esse é um problema que afeta muitos estudantes e que pode terdiversas causas, sejam elas médicas ou não. Confira, a seguir, as principais delas e saiba como melhorá-las:




1 – Noites mal dormidas

O sono é uma das principais causas da falta de concentração. Pessoas que costumam dormir mal ou poucas horas por noite tendem a ter não só problemas pessoais, mas também físicos e emocionais – o que pode afetar a qualidade dos seus estudos. Tente dormir ao menos 8 horas por noite e veja se você percebe alguma diferença.

2 – Ansiedade

Você costuma se sentir pressionado e tenso? Se sim, é aí que pode estar a causa da sua falta de concentração. Pessoas ansiosas costumam ter bastante dificuldade em manter o foco justamente pela tensão a qual se sentem submetidas. Neste caso, a melhor solução é desabafar com alguém ou procurar um psicólogo.

3 – Empolgação

Querer fazer várias coisas ao mesmo tempo também é prejudicial: quem desempenha várias tarefas simultaneamente costuma perceber a queda da qualidade em alguma delas. No caso dos estudos, isso é ainda pior, já que durante o aprendizado é importante manter-se concentrado apenas no conteúdo que está sendo lido. Portanto, contenha-se na hora de estudar e concentre sua empolgação naquilo que você está estudando.

4 – Má alimentação

Acredite: sua alimentação pode prejudicar – e muito – a sua concentração. É importante que você mantenha uma alimentação balanceada e consuma alimentos de diversos grupos, como carboidratos e proteínas, e que evite a ingestão frequente de alimentos gordurosos. Caso você esteja de dieta, tome cuidado: estudos apontam que estudantes que consomem apenas alimentos de baixas calorias têm uma tendência maior à depressão.

5 – Falta de motivação

Não se encaixa a nenhum dos exemplos acima? Talvez o seu problema seja a falta de motivação. Para melhorar esse problema, tente estabelecer objetivos e mantenha em mente o que você deseja atingir no futuro e por que essa etapa de estudos é importante. Pensar no futuro pode ser uma boa forma de melhorar o presente. 



sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Evitar discussões pode acabar com seu relacionamento

Você já ouviu aquele conselho “é melhor ser feliz do que ter razão”? Até faz sentido. Em todo relacionamento, em algum momento, alguém precisa ceder. Só que ficar nessas sempre, só para evitar brigas e discussões, não funciona muito bem. E pode arruinar seu namoro.
Foi o que quase aconteceu com um homem da Nova Zelândia. Ele e a mulher queriam avaliar a qualidade de vida deles. Já os pesquisadores da Universidade de Auckland queriam testar se o tal conselho melhora mesmo a vida dos casais. Pediram, então, ao homem para concordar com absolutamente tudo que a mulher pedisse (ou com todas as reclamações) pelos próximos dias. Ela não sabia nada sobre isso.
A situação só piorou a vida do casal. Em 12 dias, a qualidade de vida do homem caiu de 7 para 3. E a dela nem melhorou tanto assim: subiu de 8 para 8,5. Segundo o marido, ao invés de gerar harmonia, a atitude dele encheu a mulher de razão e a fez ficar ficava cada vez mais crítica e chata. No décimo segundo dia, ele não aguentou. Contou a ela sobre o teste e colocou fim ao estudo – e ao inferno que a vida tinha virado.
Por ter incluído apenas um casal no experimento, claro, a pesquisa não firma conclusões definitivas sobre o assunto. Mas vale a pena ficar esperto: ser pau mandado o tempo inteiro pode não ser a melhor das escolhas…
Crédito da foto: flickr.com/99619705@N00
Via: Super Interessante

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Bill Gates oferece até US$ 1 milhão para inventores de camisinhas que aumentam prazer sexual

Quer fazer o bem e, de quebra, ficar milionário? Então, comece a pensar agora em uma maneira de desenvolver camisinhas que “aumentem ou preservem significativamente o prazer”. O magnata norte-americano Bill Gates, fundador da Microsoft, está oferecendo até US$ 1 milhão por elas.
Por quê? Ao redor do mundo, os índices de uso de camisinha estão despencando e, para Gates, a rejeição pouco tem a ver com falta de informação ou questões religiosas. O problema estaria na “falta de modernidade” dos preservativos, que desde a década de 1960 não tiveram nenhuma mudança considerável na sua forma de produção – ou seja, estão ultrapassados.
O fundador da Microsoft considera legítimas as reclamações de que as camisinhas diminuem o prazer nas relações sexuais e podem comprometer a ereção masculina – embora considere seu uso necessário –, por isso, quer dar sua contribuição à causa incentivando a pesquisa de preservativos que garantam maior prazer sexual.
A iniciativa faz parte do programa Grand Challenges Explorations, da Fundação Bill & Melinda Gates. Até 12/11, qualquer pessoa que tenha uma boa ideia para desenvolver camisinhas mais prazerosas – e, consequentemente, incentivar seu uso – pode se inscrever no desafio. Os projetos selecionados pela organização têm apoio inicial de US$ 100 mil, mas se forem bem-sucedidos podem concorrer a financiamentos adicionais de até US$ 1 milhão. É ou não é um bom incentivo para colocar os neurônios pra funcionar e ter uma boa ideia?
No Brasil, a invenção seria de grande valia. Pesquisa feita pelo Ministério da Saúde, em 2013, revelou que menos da metade da população sexualmente ativa usa preservativo nas relações com parceiros casuais, ficando exposta a uma série de doenças e à gravidez indesejada.
Imagem: asleeponasunbeam/Creative Commons
Via: Super Interessante
Por: Leonardo Silva (revista@comunicademais.com)